segunda-feira, 29 de junho de 2009

p.s.

A crise bateu à porta, eu abri e tudo acabou.

Estou fechada para balanço - espero ter cabeça pra atualizar em breve o blog.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Crise dos 20 e tantos

A chamam de 'crise do quarto de vida'.


Você começa a se dar conta de que seu círculo de amigos é menor do que há alguns anos. Se dá conta de que é cada vez mais difícil vê-los e organizar horários por diferentes questões: trabalho, estudo, namorado(a) etc...E cada vez desfruta mais dessa cervejinha que serve como desculpa para conversar um pouco.As multidões já não são 'tão divertidas'… as vezes até lhe incomodam.E você estranha o bem-bom da escola, dos grupos, de socializar com as mesmas pessoas de forma constante.

E começa a se dar conta de que enquanto alguns eram verdadeiros amigos, outros não eram tão especiais depois de tudo.Você começa a perceber que algumas pessoas são egoístas e que, talvez, esses amigos que você acreditava serem próximos não são exatamente as melhores pessoas que conheceu e que o pessoal com quem perdeu contato são os amigos mais importantes para você.

Ri com mais vontade, mas chora com menos lágrimas e mais dor.Partem seu coração e você se pergunta como essa pessoa que amou tanto pôde lhe fazer tanto mal.Ou, talvez, a noite você se lembre e se pergunte por que não pode conhecer alguém o suficiente interessante para querer conhecê-lo melhor.Parece que todos que você conhece já estão namorando há anos e alguns começam a se casar.Talvez você também, realmente, ame alguém, mas, simplesmente, não tem certeza se está preparado (a) para se comprometer pelo resto da vida.
Os rolês e encontros de uma noite começam a parecer baratos e ficar bêbado(a) e agir como um(a) idiota começa a parecer, realmente, estúpido. Sair três vezes por final de semana lhe deixa esgotado(a) e significa muito dinheiro para seu pequeno salário. Olha para o seu trabalho e, talvez, não esteja nem perto do que pensava que estaria fazendo. Ou, talvez, esteja procurando algum trabalho e pensa que tem que começar de baixo e isso lhe dá um pouco de medo.

Dia a dia, você trata de começar a se entender, sobre o que quer e o que não quer. Suas opiniões se tornam mais fortes. Vê o que os outros estão fazendo e se encontra julgando um pouco mais do que o normal, porque, de repente, você tem certos laços em sua vida e adiciona coisas a sua lista do que é aceitável e do que não é. Às vezes, você se sente genial e invencível, outras… Apenas com medo e confuso (a).

De repente, você trata de se obstinar ao passado, mas se dá conta de que o passado se distancia mais e que não há outra opção a não ser continuar avançando.Você se preocupa com o futuro, empréstimos, dinheiro… E com construir uma vida para você.E enquanto ganhar a carreira seria grandioso, você não queria estar competindo nela.

O que, talvez, você não se dê conta, é que todos que estamos lendo esse textos nos identificamos com ele.Todos nós que temos 'vinte e tantos' e gostaríamos de voltar aos 15-16 algumas vezes.Parece ser um lugar instável, um caminho de passagem, uma bagunça na cabeça… Mas TODOS dizem que é a melhor época de nossas vidas e não temos que deixar de aproveitá-la por causa dos nossos medos… Dizem que esses tempos são o cimento do nosso futuro.

Parece que foi ontem que tínhamos 16…Então, amanha teremos 30?!?! Assim tão rápido?!?!

FAÇAMOS VALER NOSSO TEMPO… QUE ELE NÃO PASSE!*
A vida não se mede pelas vezes que você respira, mas sim por aqueles momentos que lhe deixam sem fôlego…*

Diário do Intervencionismo

As leis abaixo exemplificam bem porque o Estado não serve pra nada! Com comentários...

* França
Entre as 8 da manhã e as 8 da tarde 70% das músicas tem de ser de artistas franceses. (que músicos brasileiros não leiam isso)
É proibido beijar alguém no metrô. (e nos coletivos?)
É proibido batizar um porco com o nome de Napoleão. (o cara que fez essa lei tinha espírito de porco)
É proibido fotografar políciais e suas viaturas inclusive quando saiam em segundo plano. (viva o Photoshop?)

* Alemanha
Uma almofada pode ser considerada como uma arma passiva. (eu realmente consigo imaginar assassinatos em séries com almofadas)
É proibido andar de máscaras pela rua. (é?)
Em qualquer escritório há de se poder ver pelo menos parte do céu. (O cara que fez essa lei estava ouvindo Lucy in the Sky with Diamonds)
* Dinamarca
Tentar escapar da prisão não é ilegal, no entanto, se for pego terá que cumprir o resto da condenação. (Sério? Eu achei que quem fosse pego ganhava férias no Tahiti)
Ninguém pode pôr em movimento seu veículo se há alguém embaixo dele. (quem bom, né?)
Os restaurantes não poderão cobrar pela água a não ser que não esteja acompanhada com algo mais, como gelo ou uma fatia de limão. (gelo deixou de ser água?)
* Suécia
A prostituição é ilegal, usar o serviço de prostituição não é. (ufa!)
É proibido repintar tua casa sem uma licença do governo. (é pra ter certeza que a cor escolhida vai combinar com a cortina?)
* Suiça
Se você deixar as chaves dentro do carro com a porta destravada, será multado. (???????)
* Noruega
É proibido a castrar cães ou gatos, assim como a qualquer outra espécie, inclusive homens. (ufa! os meninos agradecem)
As bebidas que contenham mais de 4,75% de álcool não podem ser vendidas nas eleições. (4,76% então não passa?)
* Finlândia
Os taxistas devem pagar direitos autorais se colocam música em seu carro quando transportam clientes. (Jesus!)
* Inglaterra
A lei autoriza às vendedoras a fazer topless em Liverpool, mas somente em lojas de peixes tropicais. (porque os peixes mortos têm direito à felicidade e as vacas mortas ou as galinhas mortas não?)
É ilegal pendurar roupa de cama na janela. (E na porta?)
É proibido pescar salmão nos domingos. (Deve ser porque, aos domingos, os peixinhos vão à missa)
* Irlanda
Se você está em Cork, e vê um escocês, ainda é legal mirá-lo com arco e flecha, exceto nos Domingos. (motivos religiosos again?)
* Canadá
É ilegal tirar o curativo em público. (ui, que dor!)
Em Alberta, se você esteve preso e foi liberado, tem direito a pedir um arma carregada e um cavalo para sair da cidade. (Não dá pra ser uma bicicleta?)
Em Ottawa a lei proibe chupar picolé no domingo atrás do Banco. (qual banco?)
É proibido tentar aprender bruxaria. (sim, salabim!)
* Colômbia, Cali
A primeira vez que a mulher tiver relações com seu marido, a mãe dela deve estar no quarto para testemunhar o ato. (meninas, fiquem só no papai em mamãe pra não chocar sua senhora)
* Mexico
É proibido queimar bonecas. (e boncecos?)
* Bolívia, Santa Cruz
É ilegal para um homem ter relações com uma mulher e sua filha ao mesmo tempo. (pronto, acabaram-se as fantasias dos tarados de plantão)
* EUA, Alabama
É proibido jogar dominó no domingo. (sem comentários)
É ilegal usar bigode postiço que cause risos na igreja. (e como saber se o bigode é engraçado ou não?)
Colocar sal nas linhas ferroviárias pode ser castigado com a pena de morte. (e azeite, pode?)
Os homens não podem cuspir diante das mulheres. (...)
É proibido vender amendoim após o entardecer das quartas-feiras em Lee Country. (quartas-feiras... tá)
* EUA, Nova York
É proibido passear com um sorvete de casquinha na bolsa nos domingos. (claro, porque é super comum jogar sorvete de casquinha dentro da bolsa)
As mulheres poderão praticar o topless em público desde que não seja com fins lucrativos. (eu não tinha pensando nessa possibilidade. hum...)
* Greene, Nova York
É ilegal comer amendoins e andar para atrás pelas ruas quando há um concerto. (gente, eu juro que essa eu passo)
* Kentucky
Cada pessoa deve tomar banho ao menos uma vez ao ano. (que ótimo! os narizes agradecem!)
Nenhuma mulher dever aparecer em traje de banho em nenhum aeroporto deste Estado a não ser que seja escoltada por dois policiais ou esteja armada com um cacetete. As disposições deste decreto não serão aplicadas a mulheres que pesem menos de 90 libras (aprox. 40kg.) ou mais de 200 libras (aprox. 90 kg.), nem serão aplicadas a éguas. (alguém entendeu alguma coisa?)
* Lexington, Kentucky
É ilegal carregar sorvetes de casquinha na bolsa. (gente, esse povo tem problema com sorvete de casquinha, sério)
* Atlanta
É proibido amarrar uma girafa a um poste de luz. (é que é suuuuper comum encontrar uma girafa por ai)
* Chicago
É proibido comer num lugar que esteja pegando fogo. (putz, e eu querendo dar uma tostada no bife...)
* Columbia, Pensilvânia
É proibido que um instrutor faça cócegas no aluno de auto escola para chamar sua atenção. (cócegas? sei, sei...)
É proibido estourar balões na rua. (passo de novo)
É proibido cantar no chuveiro. (os vizinhos agradecem)
Não se pode segurar um peixe por outra parte que não seja a boca. (peixes maladrões...)
É proibido dormir num congelador. (e se as cervejas tiverem medo de dormirem sozinhas, coitadas?)
É proibido caminhar de costas comendo amendoins em frente ao Barnstormers Auditorium. (gente, de novo esse papo de andar de costas comendo amendoin)
* Carolina do Norte
Brigas entre cães e gatos são proibidas por decreto em Barber. (a lei é da natureza?)
É proibido usar elefantes para arar os campos de algodão. (oh, sim, claro. Elefantes...)
A única posição permitida é o papai-e-mamãe e com as cortinas fechadas. (me lembrem de eu nunca morar lá)
Se um homem e uma mulher que não são casados se registram num hotel como casal, segundo as leis do estado, passam oficialmente a estarem casados a partir desse momento. (não ceito convites de homens para me levarem a hoteis na Carolina do Norte desde já)
É ilegal praticar sexo no pátio da igreja. (Não vale para o padre também?)
O sexo oral é considerado um crime contra a natureza. (Natureza? Sei...)
* Corning, Iowa
É considerado um delito que um homem peça a uma mulher que entre em seu carro. (e se ele obrigá-la?)
* Idaho
É ilegal que um homem presenteie a sua amada uma caixa de bombons que pese menos de 50 libras (aprox. 23 kg). (VINTE E TRES QUILOS DE BOMBOM??????????)
* Blythe, Califórnia
Uma pessoa deve possuir ao menos duas vacas para poder usar botas de cowboy em público. (vale vaca humana?)
* Denver
É ilegal emprestar o aspirador de pó ao vizinho. (é, né, sbe-se lá onde o vizinho vai enfiar o cano do aspirador)
* Devon, Connecticut
É ilegal andar para trás depois do pôr do sol.(que povo que tem medo de dar ré no quibe, jesus!)
* Menphis, Tennesee
É ilegal que uma mulher dirija um carro a não ser que tenha um homem correndo à frente dela agitando uma bandeira vermelha para avisar aos motoristas e transeuntes que se aproximam. (isso é tão estapafúrdio que eu me abstenho)
* Pocataligo, Georgia
É delito que uma mulher de mais de 200 libras (aprox. 90 kg.) de short curto viaje ou pilote um avião. (os homens agradecem)
* Pocatello, Idaho
Uma lei que remonta a 1912 decreta que "é proibido levar armas ocultas, a não ser que sejam exibidas". (devia ser proibido pessoas idiotas escrevem leis, isso sim)
* Seattle
É ilegal carregar uma arma oculta que meça mas de seis pés (aprox, 1,8 metros) de comprimento. (é que é muito fácil esconder uma arma desse tamanho)
É proibido a entrada de monstros nos limites urbanos. (ele foram avisados?)
* Wilbur, Washington
É ilegal montar num cavalo feio. (e quem decide o que é um cavalo feio ou bonito? O papa?)
* Tulsa, Oklahoma
É contra a lei abrir uma garrafa de soda sem a supervisão de um engenheiro graduado. (clap, clap, clap)
É ilegal que o dono de um bar permita que alguém finja ter sexo com um búfalo. (Claro, porque entre tantas outras coisas, a tara por um búfalo é a melhor de todas, óbvio)
Os cães devem ter uma permissão assinada pelo prefeito para reunir-se em grupos de três ou mais numa propriedade privada (Isso só é possível porque o prefeito tem o mesmo intelecto dos cães)
É ilegal pôr uma pessoa hipnotizada numa vitrine.(sim, claro, óbvio)
* Jonesboro, Georgia
É ilegal dizer "Oh, Boy". (oh, boy)
* Texas
Quando dois trens chegarem juntos num cruzamento de vias, ambos devem parar completamente, e nenhum deve seguir adiante até que o outro tenha ido. (Que burro, dá zero pra ele)
Proibido possuir um alicate. (nem as manicures?)
* Kansas City, Missouri
Os menores de idade não podem comprar pistolas de brinquedo; no entanto podem comprar as reais. (vamos dar uma pistolada no genio que criou essa lei?)
* New Hampshire
Proibido bater os pés ou mover a cabeça ou de qualquer forma seguir o ritmo da música numa taberna, restaurante ou cafetería. (jesus me chicoteia)
* Arkansas
Uma lei diz que o rio Arkansas não pode subir mais que a altura da ponte de Main Street de Little Rock. (combinaram com o rio?)
* Massachusetts
Os cães devem ter as patas traseiras amarradas durante o mês de abril. (e o genio que fez a lei deveria ter as mãos amarradas pra nunca mais escrever bobagens)
* Virginia
A única bebida permitida na praia é água que esteja dentro de uma garrafa de plástico transparente. (me lembrem de nunca ir nas praias da virginia)
* Maryland
Os preservativos podem ser vendidos em máquinas somente em lugares onde são vendidas bebidas alcoólicas para consumo no local. (passo)
* Rhode Island
É vedada a venda de pasta de dentes e escova de dentes ao mesmo cliente nos domingos. (é para isso que existe o sábado)
* Oregon
É ilegal susurrar besteiras ao amante durante o ato. (ninguem deve gravar filmes pornos neste lugar_
É proibido assobiar embaixo d´água. (tá bom)
Os animais não podem cruzar nos limites da cidade de Stanfield. (inclusive o animal que fez a lei?)
* Ohio
É ilegal colocar um peixe dentro de uma camisinha. (útil, muito útil)
Ninguém pode ser preso em 4 de julho e nem no domingo.(me lembrem de matar a pessoa que fez essa lei em 4 de julho)
As mulheres não podem usar sapatos de couro que permita aos homens ver as suas roupas íntimas através do reflexo. (eu juro que jamais pensei nessa possibilidade)
É proibido dar mais de 100 voltas na cidade. (nems e for 100,5 voltas?)
* Libano
Os homens podem legalmente ter relações sexuais com animais, sempre que forem fêmeas. Ter relações sexuais com machos pode ser castigado com a morte.(ok, nada de viadagens!)
* Indonésia
A pena para a masturbação na Indonésia é a decapitação. (de qual cabeça?)
* China, Hong Kong
Uma mulher enganada pode legalmente matar seu marido adúltero, mas deve fazê-lo só com suas mãos. Em contrapartida, a mulher adúltera pode ser morta de qualquer maneira por seu marido. (glupt...)
É ilegal inscrever-se na Universidade, a não ser que você seja inteligente.(o cra que fez essa lei não pode se inscrever numa universidade)
* Israel
É proibido meter o dedo no nariz aos sábados. (ok)
Em Haifa é proibido levar ursos à praia. (mesmo se forem de pelúcia?)
* Tailândia
Se pegam você atirando um chicle no chão recebe uma multa de 600 dólares e se não pode pagar sera preso. (...)
* Camboja
É proibido o uso de pistolas de água para as celebrações de passagem de ano. Nas outras datas comemorativas não tem problema. (pode dar uam psitolada de água na cabeça do infeliz que teve essa ideia?)
* Cingapura
É proibida a venda de chiclete. (tá)
É proibido que homossexuais vivam no país. (tá de novo)
O sexo oral é proibido a não ser que realize-se como entretenimento. (e quando é que sexo oral não é entretenimento?)
A pornografia é também proibida. (que povo sem graça)
* Bahrein
Um médico pode legalmente examinar os genitais femininos, mas está proibido de olhá-los diretamente durante o exame. Só pode fazê-lo mediante o uso de um espelho. (e uma médica?????)
* Guam
Há homens em Guam cujo único emprego, bem pago diga-se de passagem, é viajar pelo pais para deflorar virgens. A razão é que pelas leis de Guam, é proibido que as virgens se casem. (finalmente uma lei útil)
* Austrália, Victoria
Somente eletricistas podem trocar lâmpadas. (que ideia brilhante)
É ilegal passar graxa de sapato na cara. (mesmo que seja na cara dog enio que formlou a lei?)
Os bares são obrigados a dar água e comida a seu cavalo. ( E álcool?)

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Here comes the sun


And I say it's all right...

O que é ser very libertarian

Esse foi um final de semana irretocável, lindo, histórico, incrível em todos os aspectos.

Não só porque conheci um monte de gente bacana. Comi muitas comidas gostosas. Dancei e me diverti muito. Conheci lugares incríveis. Vi o sol nascer espetacularmente de cima de uma serra, com uma vista incrível. Passeei por uma cidade bonita, organizada e limpa. Viajei e desestressei dos problemas do dia-a-dia.

Esse final de semana foi incrível, absolutamente incrível, porque esse final de semana eu fiz parte de algo que será histórico e que, em anos, décadas, séculos, será lembrado como um marco na história desse país.

É incrivel se dar conta que você está fazendo parte de algo realmente diferente, real e aplicável. Sim, porque por mais que qualquer um vire pra mim hoje e diga "Núbia, você está louca, esse modelo de sociedade que você quer é impraticável, impossível", eu digo e afirmo com toda convicção do mundo que uma sociedade voluntária, com todos livres para viver de verdade, é algo completamente possível real e praticável.

Se não tivesse plena certeza que o livre mercado completo é realmente a melhor alternativa para todas as pessoas - pobres, ricos, negros, judeus, árabes, índios, ciganos, brancos, americanos e o que seja - eu com certeza não teria saído de São Paulo para ir a BH esse final de semana. E, no entanto, eu estava lá, fazendo história, mesmo que muitos de nós não tenhamos percebido a importância da longa reunião de fundação do LIBERTÁRIOS - O PARTIDO DA LIBERDADE.

É incrível como o movimento libertário cresceu exponencialmente no Brasil nos últimos anos. Como disse o presidente do Instituto Ludwig von Mises Brasil, Helio Beltrão, na carta enviada à reunião de fundação do Liber, em cinco anos, um pequeno grupo de liberais de orkut virou um homogêneo grupo de pessoas de todas as partes do país com sólidos conhecimentos sobre a liberdade, tanto em seus aspectos econômicos, por meio das ideias da Escola Austríaca, quanto em seus aspectos morais e ético, via filosofia libertária.

Se somos poucos agora, um dia, já fomos quase nada. Logo, só posso concluir que em breve, seremos inúmeros, milhares, milhões. Porque a filosofia natural de vida é a filosofia da liberdade. Só precisamos mostrar as pessoas que hoje, são treinadas desde o nascimento para ignorar a verdadeira essência das relações humanas em troca de um modelo violento, hipócrita, ineficiente que apenas beneficam uns poucos (os amigos do rei, claro), que a única solução possível para vivermos bem, felizes e satisfeitos é numa sociedade voluntária, é pela liberdade.

No campo das ideias, temos o Instituto Mises Brasil, entre outras associações. No campo das ações, temos agora, o Libertários.

É por isso que esse final de semana foi sublime. Temos agora, todos os instrumentos necessários para levar ao Brasil, a mensagem da liberdade. Esse foi mais um passo no caminho da liberdade. Se nosso destino está longe, muito longe ainda, por outro lado, nunca estimos tão perto dele.

De passo em passo, a gente chega lá.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Sonho

Eu ontem tive um sonho.
Sonhei que estava numa festa, na casa de um rico comerciante dono de postos de gasolina de Glória de Dourados (MS), o Biela.

E o jogo do Palmeiras tinha acabado de terminar. Nós, desclassificados.

O interessante era que o campo do nacional ficava dentro da casa do Biela. E, quando estava indo embora, encontrava o Keirrisson, saindo do jogo.

No meu sonho, eu caminhava até o Keirrisson e perguntava: "E ai? Como é que a gente faz?".

E ele respondia: "Amiga, o problema não é meu. Você tem sorte de me ter no seu time", com voz de viado (quase um Richarlysson).

Eu virava pra ele e respondia: "Nada disso: você é que tem a honra de vestir a camisa do Palmeiras".

E ele retrucou: "Esqueça esse papo de honra. Honra no futebol, hoje em dia, é dinheiro no bolso".

E eu acordei sem saber se ria do Keirrison gay, chorava pelas palavras dele ou desistia de ser a mulher de malandro que é ser torcedora do Palmeiras.

ps. Acho que gosto de apanhar.

A culpa é minha

Eu não quero enganar ninguém.
Vou ser completamente sincera nesse post.

O Palmeiras foi desclassificado pelo Nacional ontem. E a culpa é toda minha.

Não foi o Luxa e seu 900 volantes no jogo de ida no Palestra.
Não foi o Jumar e sua inabilidade com a bola de costume.
Não foi o Keirrison e suas tradicionais pipocadas em jogos decisivos.
Não foi o Capixaba.
Não foi a falta de conhecimentos em cruzamento do Armero.
Não foi a péssima ideia de contratarem um volante em lugar de um lateral para a continuidade do torneio.
Não foi a diretoria que assistiu passiva a todos os mandos e desmandos do Luxa.
Não foi o time do ano passado que fez o favor de perder pro Botafogo em casa e jogar o time desse ano no grupo da morte.
Não foi o Belluzzo, que não teve saco roxo pra enquadrar o nosso treinador.
Não foi o Cipullo, que não teve capacidade para questionar as indicações do Luxa.
Não foi o Toninho Cecílio, que não consegue controlar nada.
Não foi a Traffic.
Não foram os iludidos que ficam com aquele velho papo de apoio e fora cornetas.
Não foi culpa de ninguém que é de fato a Sociedade Esportiva Palmeiras.

A culpa pela desclassificação do Palmeiras na Libertadores, caros leitores, é toda minha. Eu não estava de meias ontem na hora do jogo. Não vesti a camisa da sorte. Não segui o ritual da vitória. Essa culpa é minha e do resto dos 15 milhões de palmeirenses que tem nesse país e que também não fizeram suas mandingas. Afinal, onde é que já se viu querer um técnico que seja apenas técnico? Onde é que se viu pedir um time que tenha padrão tático? Jogadas ensaiadas? Laterais que saibam cruzar? Pra que querer um time com comando? Com dirigentes que entendam de futebol? Pra que querer que a diretoria mantenha bons jogadores como Gustavo, kleber e Valdívia? Para que exigir um time que honre a tradição da camisa alviverde?

O Luxa disse: o problema do Palmeiras é a torcida que quer tudo isso ai. E como eu quero e exijo, sim, concluo que a culpa pela vergonhosa desclassificação de ontem é minha e de toda a torcida do Palmeiras, que só quer ter um time que dê orgulho. A gente fica pedindo essas coisas e "desestabiliza" aqueles caras que REALMENTE entendem de futebol como o Luxa, o Toninho Cecílio, e por ai vai. Não podemos querer mais, não podemos questionar, não podemos falar nada. Temos que ficar apoiando um time sem vergonha, adorar um blogueiro que finge que é técnico e por num pedestal uma diretoria omissa que só sabe posar de paladina da moralidade.

Pois é. A gente não faz isso e o resultado é esse: Palmeiras desclassificado.

Viu como a culpa é minha?

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Xô, zica!

Hoje esta blogueira está mais tensa do que costuma ficar quando está na TPM.

Logo, nada de churumelas: esse blogue vai ser atualizado após o fim do jogo do Palmeiras. Ou não. Porque se formos desclassificados, eu vou ficar muito puta e é capaz de eu jogar meu laptop pela janela...

terça-feira, 16 de junho de 2009

Isso é que é Gripe Suína!

Do Uol:

O Palmeiras poderá ter um forte aliado quando entrar em campo para enfrentar o Nacional (URU) nesta quarta-feira: o número de desfalques da equipe rival. Uma gripe segue afetando parte do elenco, e o time uruguaio continua indefinido para o jogo de volta das quartas de final da Copa Libertadores.

Segundo informações do diário El Pais, o meio-campista Álvaro Fernández, com febre e dores na garganta, é o jogador que mais preocupa o técnico Gerardo Pelusso. O atacante Gustavo Biscayzacú passou pelo mesmo problema e também é dúvida para o duelo no estádio Centenário.

Além deles, Nicolás Lodeiro, principal jogador do Nacional, e os argentinos Federico Domínguez, Ángel Morales e Matías Rodríguez são outros afetados pela gripe, apesar de não preocuparem tanto como os demais.

Desta maneira, Pelusso deverá definir a escalação somente nesta quarta-feira, antes do confronto marcado para as 19h20. Como empatou o jogo de ida por 1 a 1, o Nacional precisa de um empate sem gols para avançar à semifinal. Uma vitória palmeirense ou uma igualdade por dois gols ou mais classifica a equipe de Vanderlei Luxemburgo.

Não temos o Dunga, mas temos o Zangado. E, agora, o Atchim.
Valeu pela dica, SeoCruz.

Haja coração!

Não sei vocês, amigos, mas eu já estou com a adrenalina a mil, frio na barriga e mãos suando.
O mundo acaba e não chega logo amanhã, 21h30, apito final e o Palmeiras classificado para a semi-final da Libertadores.

Eu, da minha parte, vou manter a mandiga. Narrarei como torcedora o jogo inteiro via Twitter. Se você quiser dar risadas de uma torcedora completamente cardíaca, boca suja e sem noção, só dar um follow lá.

Vai, PORCO!

segunda-feira, 15 de junho de 2009

De onde menos se espera...

Hoje foi um dia particularmente confuso para mim (como tem sido minha vida ultimamente), por motivos que não cabem explicar nesse blog. De tão inqueita e copiosa que eu estava, acabei ficando serena. E tudo porque li uma declaração espetacular da Emma Thompson na Época dessa semana. Como achei muito bonita, reproduzo aqui no Blog.

O amor é tão mundano quanto lavar pratos. Você só conquista certa experiência se o exercita como uma atividade diária. O amor não sobrevive se você não colocar certo esforço nele. E esse trabalho, às vezes, pode ser doloroso.

Só quatro frases. E uma dúvida a menos na minha cabeça.



domingo, 14 de junho de 2009

Músicas para se escutar sempre

A motivação para esse é o post abaixo. Não é a lista das minhas músicas preferidas, mas sim daquelas que nunca enjoo. Músicas que, uma hora ou outra, você vai ouvir e lembrar de alguém, de algo ou de algum momento.

Mr. Jones - Counting Crows
No Rain - Blind Melon
Hotel California - Eagles
Alive - Pearl Jam
In Between Days - The Cure
All You Need is Love - The Beatles
Have You Ever Seen the Rain - Credence
Sultains of Swing - Dire Straits
More Than This - 10000 Maniacs
Spending my Time - Roxette

Uma observação

Acho que fazia uns cinco anos que eu não ia em um lugar que tocava Blind Melon. Por isso, a balada de sábado, na casa da Carol e o do Fabiano, com a banda do Chico (palmeirense, claro) tocando "No Rain" foi sensacional! Ficou com saudade da música ou não conhece? Clique aqui e relembre esse clássico dos anos 90.

Pitacos da blogueira boleira

- Partidaço do Wendel, nome do jogo.
- A bola no Marcão no primeiro gol não entrou completamente (dá pra ver levantar poeira branca da linha da trave. E o Marcão continua na lista dos cornetáveis.
- Willians voltou e o time jogou bola bonito.
- Cleiton Xavier foi o responsável pelo gol das Marias
- A torcida do Cruzeiro apanhou muuuuuito da polícia.
- O sobretudo do Luxemburgo era um charme só.
- Por que o Souza não foi titutlar?
- Keirrisson cada vez mais cuzão. O imbecil foi aplaudido pela torcida e saiu de cara amarrada. Por isso, vai continar levando um FORA, apesar do GOLAÇO hoje.
- Já a creche que ele levou para a coletiva... sem comentários.
- O time do Cruzeiro jogou bosta nenhuma.
- O Palestra Itália estava GELAAAAAAAAADO.
- 3x1 e, ao final, o tradicional "Chico Lang, viado, Chico Lang, Viado!!!".

Conclusões:
1) Depois de um jogo como hoje eu realmente me pergunto porque diabos o Wendel não era o titular na lateral direita. Eu também me pergunto porque Mozart e por que não o SOUZAAA cabeça de fogo, geniooo, jogando ao lado do Pierre. E, por falar em Pierre, esse é gênio, espetacular, é essencial ao time. Quer Luxa queira ou não.

2) O Willians também. É impressionante como foi só ele voltar para o time que o Palmeiras jogou bem eo Keirrisson fez gol. Cleiton Xavier, Diego Souza, Willians e Keirrisson, juntos, funcionam espetacularmente bem. Só poder ser melhor se tivessemos um certo camisa dez de volta...

3) CHUPA MARIAS!

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Ele já sabe

Que o presidente Lula é ..... (complete com o adjetivo que quiser), todo mundo já sabe. Após oito anos bebendo, viajando e comandando o Brasil, ele já sabe o que fazer após aposentar-se do cargo de comandante mór da patetolândia. Nas horas vagas, ele já disse, será presidente da Petrobrás. O que você não sabe é o que ele será durante o tempo normal. Ficou curioso (a)? Clique aqui e descubra.

Dancing, Lula!

Comunismo universitário

Difícil eu gostar de qualquer coisa escrita na Folha de São Paulo.
Mas, esse texto, é sensacional. Descreve exatamente o que eu penso sobre a greve/rebelião na Universidade de São Paulo (USP).

MUDA USP
Por Sérgio Malbergier, editor do caderno Dinheiro da Folha de S. Paulo.

A USP vai gastar neste ano 83,17% de seu orçamento, ou estonteantes R$ 2,4 bilhões, com a folha de pagamento. E contratou uma auditoria externa para examinar a explosão dos gastos, como revelou em 27 de maio na Folha o repórter José Ernesto Credendio.

Vale à pena, à luz do choque no portão principal da universidade, reler o que Credendio escreveu poucos dias antes:

"A reitora da USP, Suely Vilela, contratou uma auditoria externa para fazer um pente-fino nos gastos da universidade com pessoal entre 2000 e 2006. A minuta do contrato, à qual a Folha teve acesso, lista uma série de itens que devem ser investigados pelos auditores, como controles e autorizações para a concessão de horas extras, verbas de representação, gratificações e reajustes.

"Outro ponto a ser investigado são as variações ocorridas na folha de pagamento entre janeiro de 2000 e dezembro de 2006, primeiro ano de Suely à frente da reitoria da USP.

"Em 2000, a universidade tinha 24.210 funcionários, entre ativos e inativos, número que, seis anos depois, chegaria a 26.087. No período, a participação dos salários no orçamento da universidade saltou de cerca de 77,2% (em 2000) para 84,8%, três anos atrás. Neste ano, a folha chega a R$ 2,4 bilhões, 83,17% do orçamento."

São estes funcionários que agora fazem greve, a greve anual. Querem 16% de aumento, com uma inflação rodando a 4%. Comem o orçamento do que já foi a grande universidade do país enquanto as instalações do campus caem aos pedaços. Literalmente. E na faculdade de arquitetura, de todos os lugares para desabar o teto.

Na ECA, onde me, digamos, formei, furtos são frequentes, e um incêndio na biblioteca destruiu cópias e negativos únicos (até hoje não tive coragem de checar se minhas duas obras-primas citadas no rodapé deste texto sobrevivem).

Corriam os primeiros anos 80, saíamos, va-gar-ro-sa-men-te, da ditadura, que com sua estupidez tinha empurrado quase todo mundo para a esquerda, o que era outra estupidez.

Na ECA (Escola de Comunicações e Artes), assim que entrei, 1983, encontrei uma greve de alunos pelo direito de não assinar a lista de presença. Que bandeira! Vitoriosa. O acordo formal determinou que um só aluno pudesse assinar a lista por todos nós. Mas era preciso o papel. A lógica da repartição.

A moda era punk, atrasada. Preto, ar desolado, revolta. A chapa anarquista que ganhou a eleição para o centro acadêmico, o Lupe Cotrim, defendia a extinção do centro acadêmico. E assim o fez. Mas, como o punk, durou pouco. Forças estudantis organizadas (quem pode levar isso a sério?) logo retomaram o espaço antes deixado livre.

Outro movimento foi contra a contratação de guardas particulares para patrulhar o esfumaçado campus, mas ele não conseguiu impedir a invasão dos guardinhas de moto (os "chips", em homenagem ao seriado). A polícia só entraria na universidade muitos anos depois.

Os grevistas, hoje, são menos criativos. As lideranças estudantis e sindicais não mudaram em quase nada sua forma de pensar o mundo nesses 20 longos e ricos anos. São reacionários, fascistóides da esquerda pequeno-burguesa-ascendente.

Além do aumentinho, querem barrar a expansão do ensino à distância. Dizem que precariza o ensino. Melhor precário que nenhum. Melhor que a USP chegue ao Crato que não chegue.

E como expandir as aulas presenciais se já se gasta tanto com a folha?

E online está o futuro do conhecimento. A internet é a maior difusora (instantânea) de saber. Entre os seminais avanços que essa conexão global de tudo traz está a revolução do ensino, que deixará de ser unitário, local, mas coletivo, global.

Mas obscurantistas da USP são contra a internet, pensam para trás.

A intervenção truculenta e nada inteligente da polícia só acabou servindo à causa grevista do funcionariado. O que é uma lástima. A universidade precisa voltar a produzir conhecimento, não só salários e benefícios.

NOTA DO BLOG: Cada um dos pequeno burgueses estudantes proletários que não tomam banho custa aos cofres públicos R$ 25 mil por ano. Já que eles não querem estudar, bem que poderiam devolver o dinheiro ou a vaga para aqueles que não podem se dar ao luxo em gastar seu tempo lutando por causas energúmenas.

domingo, 7 de junho de 2009

Resumo do final de semana

* Óculos amassado (dormi em cima dele no ônibus, vindo para Mogi)
* Texto sobre a visão austríaca da atual gestão do Palmeiras rascunhado.
* Compras: calcinhas, sutiãs e calça novos. E eu ainda precisava de mais.
* Quatro horas dormindo após o almoço.
* Um cabelo escovado. O incrível foi achar um cabeleireiro às 17h de um sábado em Mogi Mirim,
* Jantar na Cachaçaria Água Doce. Escondidinho. E o Odil nem, viu o jogo do Curintia (eu proibi, rs).
* Acharam corpos dos passageiros do Airbus.
* Época da semana lida de cabo a rabo.
* Reclamações sobre os respectivos namorados, cerveja e aquela programa de sábado de sempre na casa da Dani.
* Strogonoff da sogra.
* Rubinho looser again.
* Cerveja no João Manara com o presidente do Sindicato dos Cornetas.
* Sobre o jogo do Palmeiras, vide o texto abaixo.
* Doce da sogra.
* Volta pra São Paulo.

FORA LUXA...

É isso ai: chega de ser boazinha.

Já encheu o saco: é imposivel qualquer pessoa com dois neurônios defender esse time mal-treinado e mal-escalado que se chama Palmeiras hoje em dia.

E o grande culpado de tudo isso é um cara, uma pessoa que ganha R$ 600 mil por mês para dar folga de dois dias para o elenco após o time EMPATAR COM O BARUERI.

Que soem as cornetas:

FORA LUXA!

Está cada vez mais inadimissível ver esse cidadão fingir que treina o meu time. Que tome todos os remédios pra ele acabar com o medinho dele. E que ele vá para a puta que pariu junto com o Obina, Marcão, Jumar, Jeferson, Cabixaba e o Pipoca 9.

Aliás, outro recadinho para o P9: eu já te defendi muito! Mas se você engravidou menininhas, isso NÃO É PROBLEMA da torcida do Palmeiras. Se você está preocupado como vai fazer com a a grávida, o problema é seu. A única coisa que nós, palmeirenses, queremos, é que você faça gols.

Pra puta que pariu.

Ganhamos de 2x1, ok. Mas eu odeio essa sensação de ter tomado uma goleada.

Belluzzo, você, mini-ditador: tenha saco roxo e mande esse pseudo técnico pra puta que pariu!

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Vamos todos chorar

Cheguei a conclusão que escrevo melhor quando estou deprimida, ou levei um pé na bunda. Como isso não acontece há dois anos, só tem merda nesse blog. Mas, em homenagem aos bons tempos de lenços de papel, cara inchada e raiva infernal do maldito da vez, publico aqui dois pequenos trechos que escrevi no longínquo 11 de outubro de 2005.

Duas pequenas histórias

A primeira.
Não era a hora de engrenar, por isso, só restou engatar. Para a minha infelicidade? Não sei mesmo. Aliás, essa foi uma frase que muito repeti ao telefone. O calor, o sono, o cansaço. O telefone. Tão impessoal. Tão distante. Tão frio. Mas a tortura interna finalmente deu lugar ao alívio - pelo menos, um pouco de alívio. Se acabou? É o que parece. Se é? Isso já não posso afirmar. Pelo menos, não por enquanto.

E agora? O que fazer? Minha vida continua sem sentido, sem rumo. Sem motivação. Eu, continuo gorda, abandonada, solitária. Morrendo aos pouquinhos. Mas, foi melhor. Se o prego não cabe no buraco, ficar materlando não adianta. O que se tem que fazer é procurar o prego com o tamanho adequado. Mas está tão difícil de se encontrar. Principalmente quando se está afeiçoado ao prego antigo. Prego... Pregos...
E ela? Ela é um sol, eu sou a sombra.

____________________________________________

A segunda.

Era uma vez uma linda tarde de sábado. Temperatura gostosa, sol, pássaros. Era uma vez uma menina apaixonada na linda tarde de sol. Ela estava assistindo televisão, mas sua cabeça estava mesmo era no telefone. "Toca telefone!", pensou gritando. E o telefone tocou. Ele estava lá. O interfone tocou. E ela abriu a porta. E pela porta entrou ele. E o sorriso dela se abriu. E na saudade, os dois se beijaram longamente. E conversaram. E ficaram trocando olhares na sacada. E sentaram-se no sofá. E trocaram carinhos e beijinhos. Mas ele tinha que ir embora. Ela o levou até a porta, mas seu olhar pedia pra ele ficar. E ele ficou. E o mundo parou quando aquelas doces palavras saíram de seus lábios.


Nota do blog: Blogueira de 20 anos na urucubaca é mulherzinha demais, tá louco!

Como odiar o seu médico

Depois quando eu digo que tem coisas que só acontecem com a Núbia, as pessoas duvidam. Pois bem, hoje foi mais um daqueles dias.

A moça marcou a consulta com o endocrinologista há três meses. Por falta de vagas, foi agenda para as 7h30 da MADRUGADA. Ok, super bacana acordar seis da manhã com uam temperatura de dez graus, mas paciência. Acorda, troca de roupa, vai pegar o metrô. Entra na estação Anhangabaú, beleza. Mas, eis que a Sé a esperava. De cara, viu alguma coisa esquisita. Escadas rolantes paradas, impossivel chegar perto do acesso ao sentido Jabaquara. Simplesmente um MUNDO de pessoas se apinhavam para conseguir descer a escada e chegar perto da plataforma de embarque (eu devia ter tirado foto, surreal aquilo, se alguém grita bomba, morre uns 50 fácil!).

Quatro trens depois, a Núbia consegue entrar em um. Da Sé até a estação Ana Rosa, devagar quase parando (e ela quase se atrasando). Um saco, mas, paciência. Chega em cima da hora na estação e sai correndo feito uma louca. Frio gelado, pessoas na frente andando com tartarugas. As 7h30, ela entra no hospital.

- Moça, endocrinologia não é mais aqui. Se mudou para a av. Rodrigo Alves.

Mulher TPM detected.

- Mas moço, eu não vou chegar lá a tempoooooo!
- Calma moça. Chegue lá e avise que a central não te informou sobre a mudança que eles vão te atender. Pode confiar em mim.

A burra, lógico, confiou. Lá vai... Três quadras e muitos passos de salto depois, a clinica. Pega a senha, senta e espera.

Médico novinho, com cara de "eu penso que sou gostoso", conversando com os dois atendentes. E o trabalho parado. "Sim, eu estou irritada. Sim, eu vou mandar esse médico ir trabalhar e deixar todo mundo ser atendido. Maldito, deve se achar o gostoso. Filho de uma puta, vai pro consutório, caramba", pensa.

O mala vai embora.

Senha 277.

La vai.

- Moça, sua consulta estava agendada para as 7h36.

Ela explica a história.

- Ok, aguarde na sala ao lado ser chamada pelo nome.

Um, dois, três, quatro, cinco pessoas são chamadas. O recepcionista.

- Moça, sua consulta não estava agendada para as 7h36?

E vamos nós contar toda a história.

- Ok. É que o Dr. Luiz Gustavo Perguntou.

"Hum... Pra que diabos esse médico quer saber isso?"
Enfim. Espera. Todos os pacientes são atendidos.

- Recepcionista, que horas eu vou ser atendida, hein?
- Agora moça, vou falar com o médico.

"Médico filho de uma puta, lazarento, viado, corno, bambi. Uh! Mato!".

- Núbia Tavares.

O mau-humor em pessoa se levanta. E quando olha... Náo é que era o maldito médico lá do início da história que tava atrapalhando a consulta? Ódio nos olhos. Dois meses esperando por uma consulta pra ser atendida por um mala preguiçoso que não queria me atender só porque a merda da central da bosta do plano de saúde que o paga esqueceu de me avisar o pequeno detalhe relativo à mudança de endereço.

- Você chegou atrasada, sabia?

"Sabia? LÓGICO SEU IMBECIL, VOCÊ ACHA QUE EU NÃO SEI OLHAR HORAS, BABACA?"

- Pois é, doutor, sua central esqueceu de me avisar o detalhe sobre a mudança de endereço.

A consulta segue. Vontade de torcer o pescoço do lazarento. Forte, ainda por cima!

- Dona Núbia, você terá que voltar em 50 dias. Vamos ver como ficarão as coisas e, se não der, você terá que fazer um tratamento periódico durante dois anos.

"Dois anos?????? Ele tá louco!!! NUNCA vou ficar dois anos olhando pra cara desse mala!!!! FDP!"

- Perfeito, dr., Muito obrigada. Será um prazer revê-lo.

Levanta, vai embora e tchau.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

O novo Rafinha Bastos

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira que "um país que pode achar petróleo a 6 mil metros de profundidade pode achar um avião a 2 mil metros".

E eu digo nessa quarta-feira: Lula no CQC já, meu povo!!!!

terça-feira, 2 de junho de 2009

E é por isso que eu digo...

... que tem horas que ou você bebe, ou enlouquece.

Eu definitivamente não confio em pessoas que não bebem.
E muito menos confio nas que bebem.

Incluindo me & myself nesse papo.


E já que está frio, vamos esquecer a cerveja. Garrafa de vinho, ai vou eu para esquecer os oito graus de temperatura que fazem nesse momento em São Paulo.

Mas, só mais tarde. At the moment, eu tenho mais um eventinho para ir.