segunda-feira, 17 de agosto de 2009

1x1 = 3pts em 3 rodadas

Sim, esse não é final de primeiro turno que todo palmeirense sonhou. Mas, pensando friamente e analisando algumas situações, essa queda de rendimento era esperada.

Vejamos:

1) Nossos dois reforços até o momento (Figueroa e Robert) não estrearam. Não temos reserva para o Armero (jogar com Marcão de lateral foi horrível). Wendell deveria ser reserva (como será). Nossa opção de reserva para o Ataque é o Daniel Lovinho. Temo um bom time, mas não temos peças de reposição nos últimos jogos. Por isso, as improvisações que não resultaram em nada. Precisamos de reforços, isso é fato e só não ver quem quer se iludir.

2) O Muricy é retranqueiro. Eu disse isso antes de ele ser contratado e repito. Ele precisa entender que não dá pra jogar com três volantes dentro do Palestra. Não por nada, mas porque a torcida do Palmeiras não gosta desse tipo de esquema tático e ponto. E não me venham com o papo de que se o time tivesse ganhado meu argumento seria inválido. O time não ganhou e é inadmissível perder para o Botafogo, que briga na zona de rebaixamento com oito desfalques, em casa. Ele ter dito que o São Paulo FC tem o melhor elenco do Campeonato Brasileiro também não ajudou muito. Ele tem todo o direito de pensar isso, mas expressar publicamente essa opinião, no papel de técnico do Palmeiras, é um erro gravíssimo, porque desestimula os atletas sob o comando dele. Se ele não consegue enxergar isso, é porque é burro (bom, mas todo técnico é mesmo).

3) A arbitragem: Até quando os árbitros sempre vão errar contra o Palmeiras? Até quando? É só o que eu quero saber!

O resultado de tudo isso: 3 pontos em 3 rodadas e a inglória tarefa de torcer contra o Internacional, contra o Corinthians (quase um sacrilégio) para podermos manter a ponta do Campeonato Brasileiro. Sem contar todo o blá, blá, blá midiático em torno do "Jason". Sim, se você ainda não percebeu, obviamente há toda uma torcida da imprensa em favor do São Paulo de novo. Mas, esqueçam: a moda acaba esse ano. Aliás, ignorem: não somos os queridinhos da mídia e nunca seremos. Então, não há muito o que fazer além de trabalhar, trabalhar, e trabalhar.

Ainda temos metade do Campeonato para fazermos um belo pão ou a massa desandar de vez. Mesmo assim, ainda prefiro cornetar uma perda de liderança que uma briga para não cair.

2 comentários:

Porpeta disse...

Concordo. Nada mais natural que enfiar dois atacantes "atacantes", empurrar o foguinho pra dentro do seu campo e enfiar uma sacolada. Três volantes - ainda que Souza saiba ir pro jogo - não justifica. Ainda tem o lado direito capenga, blá, blá, blá... Não gosto de cornetar, muito pelo contrário, mas tomemos este como apenas um comentário.
Fiquei sem ingresso. Fui até o Palestra e não vi o jogo. Tive que colocar a viola no saco e ver no pay-per-view. Uma merda! Odeio ver jogos na televisão. Mas teve um monte de cambistas que, se quisessem, poderiam ver muitas vezes a peleja, pois tinham ingressos de sobra. Malditos sejam eles e quem facilita esta putaria. Desculpe os modos, mas não me conformo de ter ficado de fora deste jogo. Tks!!!!

Unzuhause disse...

sinto muito, mas depois do cavalo paraguaio, agora surgiu o porquinho paraguaio rs, tendência agora é degringolar

bjos corintianos